Em caso de duvida: geral@ordemengenheiros.ao

Bolsas Doutoramento Engª Civil - Alunos dos PALOPs e Timor

O Consórcio de Escolas de Engenharia (https://www.cee.pt/), que integra a Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, vai abrir um concurso para atribuição de 10 (dez) Bolsas de Investigação para Doutoramento na área de Engenharia Civil, em Universidades Portuguesas, para cidadãos nacionais de países africanos de língua oficial portuguesa ou de Timor Leste. O processo inicia-se com uma manifestação de interesse por eventuais candidatos (individuais ou entidades) até 15 de Junho de 2020, a qual é fortemente recomendável.

O processo de candidatura, detalhado em anexo ou em http://www.eracareers.pt/opportunities/index.aspx?task=global&jobId=123832&lang=pt, tem as seguintes fases principais:

I – Manifestação de interesse por eventuais candidatos (individuais ou entidades): até 15 de Junho de 2020;

II – Submissão da Candidatura (previsto para o período Setembro – Outubro de 2020)

III – Inicio das bolsas (previsto para 2021)

Os potenciais candidatos devem começar por verificar se poderão estar em condições de vir a submeter a candidatura (Aviso da abertura das bolsas- Parte II). Não é obrigatória a apresentação da manifestação de interesse, mas tal facilitará o desenvolvimento de um projeto de investigação relacionado com a candidatura.

Existem duas formas de candidatura:

1.       i) CANDIDATOS INDIVIDUAIS

Qualquer potencial candidato deve manifestar o seu interesse em vir a participar no concurso de bolsas através do envio de um e-mail para fernando.branco@tecnico.ulisboa.pt com as seguintes indicações:

1.       a) Nome, e-mail, telefone (com WhatsApp)

2.       b) Formação académica e cópia do diploma obtido (enviar em anexo)

3.       c) Área cientifica em que gostaria de realizar a investigação, entre: Estruturas e Mecânica Estrutural; Materiais e Construção (gestão e manutenção, física dos edifícios e tecnologia); Hidráulica e Ambiente; Urbanismo, Planeamento, Transportes e Vias de Comunicação; Geotecnia.

Dentro de uma das áreas científicas principais indicada, sugerir um tópico de investigação do seu interesse, preferencialmente com aplicação no seu país.

1.       d) Indicação de uma entidade no seu país (universidade, laboratório, empresa, etc.) que esteja interessada em acompanhar, apoiar, co-assessorar o projeto de investigação a desenvolver, indicando também o contacto nessa entidade.

Após a conclusão desta fase de manifestação de interesse, os potenciais candidatos e entidades associadas serão contactados por um docente de uma universidade portuguesa de modo a elaborar um projeto de investigação mais detalhado.

(ii) CANDIDATURA EM GRUPO

De modo a criar um núcleo de elevada qualidade científica em engenharia civil numa unidade de ensino ou investigação, poderá haver uma manifestação de interesse por essa entidade em vir a apresentar uma candidatura conjunta de três a cinco candidatos (um em cada uma das áreas científicas indicadas no ponto 2), tendo os candidatos algum tipo de vínculo a essa entidade. Neste caso a entidade deve também manifestar esse interesse por e-mail afernando.branco@tecnico.ulisboa.pt, embora os estudantes envolvidos tenham de realizar o processo de manifestação de interesse e posterior submissão em moldes idênticos às candidaturas individuais.

De notar que na posterior fase de submissão (ver pontos 4.2 e 6.1) os candidatos com diplomas emitidos por instituições de ensino superior não portuguesas, têm de apresentar, até à data limite da submissão, uma prova do reconhecimento dos graus académicos ou declaração de honra do candidato da obtenção dos graus e da conversão da classificação final para a escala de classificação portuguesa, nos termos da legislação aplicável. Este processo de reconhecimento poderá demorar 2 a 3 meses e tem custos associados. Pode ser solicitado em qualquer universidade portuguesa (independentemente da instituição de onde vier a fazer o doutoramento). Indica-se o site da DGES onde pode ser solicitado:

https://www.dges.gov.pt/recon/formulario

Informações adicionais podem ser obtidas no site da Universidade de Coimbra ou das outras universidades:

https://www.uc.pt/academicos/graus/reconhecimentos

Há países que têm reconhecimento automático, constando da lista publicada em:https://wwwcdn.dges.gov.pt/sites/default/files/quadrosdeliberacoes-_2019pt.pdf

As bolsas serão financiadas pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) ao abrigo do Protocolo de Colaboração celebrado entre a FCT e o Consórcio das Escolas de Engenharia (CEE), no âmbito do Centro Ciência LP, Centro de Categoria 2, sob os auspícios da UNESCO, na área correspondente à engenharia. A duração das bolsas é, em regra, anual, renovável até ao máximo de quatro anos (48 meses), não podendo ser concedida bolsa por um período inferior a 3 meses consecutivos.

 

Com os melhores cumprimentos,

Doutor Paulo Amado Mendes
Subdiretor
Departamento de Engenharia Civil | Department of Civil Engineering

Fonte: Univ. de Coimbra

Newsletter

Subscreva a nossa newsletter para receber as ultimas novidades relativas à Ordem dos Engenheiros de Angola